Notícias » Brasil

 

Últimas notícias

  • 26/5 13:33 - Campeonato de 'air guitar' une fãs do instrumento musical na França

    Continuar lendo
  • 26/5 13:32 - Jonas Brothers vão em homenagem de Obama a Paul McCartney

    Continuar lendo
  • 26/5 13:32 - Liam Gallagher, ex-Oasis, anuncia sua nova banda

    Continuar lendo
  • 26/5 13:30 - Bono Vox recebe alta de hospital em Munique, na Alemanha

    Continuar lendo
  • 25/5 20:41 - Brasileira filma iniciativas pela paz no Oriente Médio

    Continuar lendo
  • 25/5 20:37 - Deslizamento deixa 29 casas interditadas em Santa Catarina

    Continuar lendo
  • 25/5 20:32 - Bombeiros encontram corpos das irmãs desaparecidas em lago no DF

    Continuar lendo
  • 25/5 20:30 - Mesa cirúrgica quebra, recém-nascido cai no chão e morre na Bahia

    Continuar lendo
  • 30/4 15:57 - Foto com arma na boca é 'arte', afirma Lindsay Lohan

    Continuar lendo
  • 30/4 15:49 - James Cameron ajuda a desenvolver câmera 3D para missão espacial

    Continuar lendo

Deslizamento deixa 29 casas interditadas em Santa Catarina

Terça-feira, 25 de Maio de 2010 às 20:37

Um deslizamento de terra provocou a interdição de 26 casas em um condomínio residencial em São José (SC). Outros três imóveis de um loteamento próximo ao local também estão ameaçados e foram evacuados. O secretário executivo da Defesa Civil de São José, José Deomir Correa da Silva, afirmou ao G1 que até o final desta terça-feira (25), mais casas poderão ser interditadas.

“Na segunda-feira, tivemos uma queda de parte da encosta e, mas uma grande quantidade de terra continua deslizando hoje. Ainda não sabemos se mais residências serão interditadas, porque a encosta está em movimento”, disse.

Segundo Silva, a terra que desmoronou está a cerca de três metros das residências. “Até o final do dia teremos um novo parecer, para ver se interditamos mais imóveis”, afirmou.

A situação se agravou com as chuvas que atingiram a região em março. No dia 18 de maio, choveu na região três vezes mais do que o volume esperado para o mês.

De acordo com o secretário executivo da Defesa Civil, técnicos fazem um levantamento do local para precisar a dimensão do problema. “Vamos fazer um diagnóstico para verificar as obras que teremos de executar. Os dados ficam prontos em três dias, mas a interpretação levará pelo menos duas semanas até definirmos as ações”, disse.

© Rádio Montanha FM
BRLOGIC